Cientista do SC Johnson Institute of Insect Science for Family Health

Ciência do inseto: ajudando famílias a se manterem saudáveis na luta contra doenças transmitidas por insetos

No SC Johnson Institute of Insect Science for Family Health (Instituto SC Johnson da Ciência do Inseto para Saúde da Família), há um zumbido entre os cientistas no que diz respeito a combater picadas de mosquito.
Seis espécies de mosquito, três de baratas, duas de formigas, peixinho de prata, traça de tecido e mais, a SC Johnson tem de tudo em seu insectário. 
Nosso planeta tem muitos insetos. Aproximadamente um milhão de espécies foram registradas até hoje, e alguns estimam que o número chegará às dezenas de milhões. Pesquisas sugerem que uma casa comum pode ter mais de 100 tipos de insetos circulando –diariamente. (Eca!) 
 
Isso significa que uma quantidade enorme de pragas em potencial pode estar rodeando sua família, e muitos insetos podem transmitir doenças , particularmente mosquitos. 
 
Na SC Johnson, percebemos cedo que precisamos saber o máximo possível sobre essas criaturas. Abrimos nosso primeiro centro de pesquisa de insetos lá atrás, em 1957. Hoje, o SC Johnson Institute of Insect Science for Family Health permanece um dos maiores centros de pesquisa privada urbana entomológica do mundo.
 
Por mais de 60 anos, nossos cientistas têm trabalhado no centro desenvolvendo produtos nos quais você pode confiar, protegendo a você e sua família de pesticidas, e para ajudar sua família a evitar mosquitos que transmitam doenças como malária, dengue e zika. 
Pesquisa entomológica de barata adulta
Nosso maior centro de pesquisa de insetos fica perto de nossa sede global em Racine, Wisconsin. Ele abriga aproximadamente 20 espécies diferentes de insetos, incluindo os mosquitos que podem transmitir malária, dengue, o zika vírus e a chikungunya. 

Também temos três espécies de baratas, duas de formiga, peixinhos de prata escorregadios e tisanuros, traças de tecido, pragas de produtos armazenados e a mosca comum. E, por via das dúvidas, também coordenamos ativamente uma edição limitada de um programa de campo, de forma a incluir os insetos sazonais também. 

Em um dia comum, lidamos com aproximadamente 850.000 insetos e mais de 15 milhões deles são cultivados anualmente no que chamamos de nosso insectário. É um ambiente controlado cuidadosamente, no qual pesquisadores estudam todos os aspectos do comportamento dos insetos, desenvolvimento e métodos de controle. As espécies no insectário foram especificamente escolhidas para representar as pragas domésticas e os vetores de doença mais comuns encontrados no mundo todo. 
Pesquisa científica de insetos para ajudar a proteger famílias de doenças transmitidas por mosquitos.
Cientistas em nossos centros de pesquisa de insetos trabalham para identificar estratégias que ajudarão nossas famílias.
A pesquisa no instituto é focada em duas áreas: primeiro, a Avaliação e o Desenvolvimento de Produtos. É onde nossos cientistas criam inseticidas (produtos que matam insetos), vendidos pelas marcas Raid®, Baygon® e All Out®, e repelentes (produtos que previnem o pouso ou picadas), vendidos pelas marcas OFF!® e Autan®.
 
Essa equipe também nos ajuda a comunicar a efetividade de nossos produtos por meio de propaganda, e as informações importantes no rótulo sobre como utilizar nossos produtos. Não cansamos de dizer: inseticidas e repelentes devem ser utilizados de acordo com as instruções do rótulo para funcionarem.
Doenças transmitidas por insetos são uma séria ameaça a famílias ao redor do mundo. Permanecemos dedicados a continuar nossa liderança na pesquisa de insetos, de forma a melhorar a saúde da família.
Fisk Johnson, Presidente do Conselho e CEO da SC Johnson
Nossa segunda área de foco é a de Pesquisa de Entomologia Aplicada. Nela, pesquisadores da SC Johnson observam insetos e analisam seu comportamento. Temos especialistas em biologia, fisiologia, ecologia, comportamento e toxicologia de insetos, bem como controle de infestação. Eles investigam novas tecnologias, tentando identificar as melhores estratégias de controle de pragas e dispositivos. 
 
Então nosso trabalho é fabricar produtos, mas, de certa forma, é mais que isso. Visto que insetos podem transmitir doenças perigosas como malária, dengue e zika, nossa equipe tem um propósito maior: ajudar famílias a se protegerem de insetos e, com isso, protegerem sua saúde. 
 
Pesquisas de nossos cientistas de insetos informaram muitos acerca de nossos esforços em educação e em abordar o contágio de doenças transmitidas por insetos ao redor do mundo. 
O que é o Institute of Insect Science for Family Health?
Faça um passeio por nosso insectário e veja nossos cientistas em ação, enquanto trabalham para entender os insetos e como proteger a saúde humana. 
A fim de reconhecer o importante propósito por trás de todo o nosso trabalho, ajudando a manter as famílias saudáveis, em 2017, renomeamos nossos centros de pesquisa para SC Johnson Institute of Insect Science for Family Health (Instituto SC Johnson da Ciência do Inseto para Saúde da Família). Previamente, só os mencionávamos como centros de pesquisa de entomologia. Contudo, após 60 anos de liderança em pesquisa, quisemos nos certificar de que nossa prioridade estivesse clara.
 
Como nosso presidente do conselho e CEO Fisk Johnson explicou na época, “doenças transmitidas por insetos seguem como uma séria ameaça às famílias ao redor do mundo. Seguimos dedicados em continuar nossa liderança na pesquisa de insetos, de forma a ajudar na melhoria da saúde da família”.
 
Também renomeamos nosso centro-sede em Racine de forma a homenagear Imogene Powers Johnson, a mãe de Fisk e esposa do nosso líder da quarta geração, Sam Johnson.
 
Gene, que conquistou seu diploma em Matemática pela Cornell University e trabalhou como programadora de computador, foi uma defensora incansável da educação STEM (ciência, tecnologia, engenharia e matemática). Dentre suas conquistas e títulos, estão os de Diretora Fundadora e Presidente do Conselho da Prairie School, além de fazer parte dos conselhos do Laboratório de Ornitologia da Cornell University, da Fundação Johnson e do Planetário Adler.

Imogene Powers Johnson Institute of Insect Science for Family Health
Imogene Powers Johnson Institute of Insect Science for Family Health
Em 2017, nosso maior centro de pesquisa, localizado em Racine, Wisconsin, foi renomeado de forma a homenagear Imogene Powers Johnson. 
Então, entendê-los faz parte do nosso negócio, dia após dia. Mas o que importa é o seguinte: Como temos especialistas sempre trabalhando para entender a ciência dos insetos, podemos agir rapidamente quando há um surto de doença transmitida por insetos. Além disso, temos o conhecimento e os produtos necessários para ajudar. 
 
Quando a Zika emergiu em 2016, isso incluiu o lançamento de um website especial para ensinar sobre mosquitos para famílias. Quisemos oferecer dicas claras e inteligíveis, além de conselhos de especialistas, para ajudarmos as pessoas a se protegerem de picadas de mosquitos. 
 
E este é só um exemplo. Também doamos produtos repelentes regularmente para necessitados (por exemplo, em casos de desastres naturais) e conduzimos campanhas de conscientização de doenças transmitidas por mosquitos em países ao redor do mundo.
 
No fim do dia, o que importa para nós é o que importa para você: Ajudar sua família a se manter saudável.

SaúdeA guerra contra as picadas de mosquito e outras pestes domésticas: proteção, prevenção e educação

Doença transmitida por insetosSC Johnson e a Prevenção de doenças transmitidas por picada de mosquito

Instruções sobre mosquitosA SC Johnson disponibiliza dicas para aplicar repelentes pessoais

FilantropiaSC Johnson dona repelente contra mosquitos e insecticidas para ayudar a las familias en riesgo

FilantropiaSC Johnson anuncia a doação de $15 milhões para iniciativas que ajudam a proteger famílias ao redor do mundo de doenças transmitidas por mosquitos como o vírus Zika

FilantropiaSC Johnson supera compromisso global de doar US$ 15 milhões para combater doenças transmitidas por mosquitos

Próximo

Próximo

Próximo