Plástico nos oceanos: a SC Johnson combate a poluição plástica na Indonésia enquanto ajuda famílias

A SC Johnson abriu nove centros de reciclagem na Indonésia para ajudar a eliminar o plástico nos oceanos.
Negócios, governo e organizações não governamentais precisam se unir para lidar com a poluição plástica, diz Fisk Johnson.

Os especialistas hoje acreditam que pelo menos 8 milhões de toneladas de plástico vão parar nos oceanos todos os anos. O Fórum Econômico Mundial diz que é o mesmo que despejar o equivalente ao conteúdo de um caminhão de lixo no oceano a cada minuto. E, até 2050, é esperado que isso aumente para quatro caminhões de lixo por minuto.

É por isso que estamos trabalhando com empenho para encontrar formas de minimizar a quantidade de resíduos plásticos em todo o mundo. Da perspectiva de um produto, nós já demos muitos passos, como desenvolver produtos que encorajem a reutilização, eliminar o excesso de embalagem e aumentar o conteúdo reciclado em nossos frascos plásticos. 

Mas nós vemos uma oportunidade além dos produtos, também. Queremos ajudar a recuperar os resíduos plásticos por meio de reciclagem inovadora e programas de recuperação. Desta forma, podemos reduzir nosso impacto ambiental e, ao mesmo tempo, fazer algo de bom para comunidades que sofrem com o excesso de poluição plástica.

TOPO : A Nyoman Darti recolhe resíduos de plástico no novo centro de reciclagem inaugurado pela SC Johnson e pela Plastic Bank em Bali, Indonésia.
FUNDO : Nosso Presidente do conselho e CEO, Fisk Johnson (segundo à esquerda), conversa com Nyoman (direita) na inauguração do centro de reciclagem, junto com David Katz do Plastic Bank (esquerda) e Wisakananda Pradipta (meio). 
A Nyoman Darti recolhe resíduos de plástico no novo centro de reciclagem inaugurado pela SC Johnson e pela Plastic Bank em Bali, Indonésia.

Em 2018, a SC Johnson iniciou uma parceria com o Plastic Bank, uma das principais organizações que trabalham para reduzir o plástico nos oceanos. 

A missão do Plastic Bank é criar impacto social e ambiental em áreas com altos níveis de pobreza e poluição plástica. Para fazer isso, eles trocam o plástico coletado pelos moradores por dinheiro, bens e serviços. O material coletado é reciclado e vendido como Social Plastic®. Os coletores beneficiam-se do valor que recebem em troca. 

Ao trabalhar com o Plastic Bank, abrimos oito novos centros de reciclagem na Indonésia, sendo que cada um coleta cerca de 100 toneladas de plástico por ano e oferece oportunidades a centenas de coletores de lixo locais. Além disso, estamos estudando maneiras de ampliar a parceria.

Queremos ajudar a recuperar o plástico igual ao montante que colocamos no mundo, através de programas de recuperação e reciclagem inovadores. Desta forma, podemos neutralizar nosso impacto ambiental e, ao mesmo tempo, fazer algo de bom para comunidades que sofrem com o excesso de poluição plástica.
Fisk Johnson, Presidente do conselho e CEO da SC Johnson

Em outubro de 2018, o Presidente do conselho e CEO da SC Johnson, Fisk Johnson, visitou a Indonésia e mergulhou no Manta Point com a Conservação Internacional (CI), nossos parceiros de longa data em ações ambientais. Há mais de 15 anos, temos colaborado com a CI para ajudar a proteger as florestas e preservar os recursos naturais

Mergulhador experiente que visitou oceanos de todo o mundo, Fisk viu as condições dos oceanos decair e observar a crise do plástico de perto. Manta Point ganhou fama em 2018 quando um mergulhador compartilhou um vídeo da imensa poluição plástica em suas águas. 

Apesar de Fisk não ter encontrado o mesmo nível de poluição que o mergulhador, a biodiversidade marinha foi inspiradora e enfatizou ainda mais o impacto devastador que a poluição plástica pode ter.

“Empresas, governos e ONGs precisam se unir para responder esta importante questão. É crítico que tomemos medidas para ajudar a interromper a quantidade crescente de plástico em nossos oceanos”, afirmou Fisk. 

“Queremos ajudar a recuperar o plástico igual ao montante que colocamos no mundo, através de programas de recuperação e reciclagem inovadores. Desta forma, podemos neutralizar nosso impacto ambiental e, ao mesmo tempo, fazer algo de bom para comunidades que sofrem com o excesso de poluição plástica.”

A Indonésia foi escolhida para a parceria porque tem os maiores níveis de biodiversidade marinha do mundo, embora ainda enfrente altos níveis de poluição plástica em seus oceanos. O país se comprometeu com USD 1 bilhão por ano para reduzir a quantidade de plástico e outros poluentes em suas águas. Está almejando uma redução de 70% no lixo marinho até 2025. A Indonésia conta com operações da SC Johnson há décadas.

Uma razão pela qual a parceria do Plastic Bank foi tão atraente foi a oportunidade de fazer o bem às pessoas E ao planeta.

A SC Johnson tem um longo histórico de iniciativas que visam cumprir esses objetivos, por exemplo, nosso investimento de longo prazo para incentivar o cultivo sustentável e o desenvolvimento econômico em Ruanda e um programa lançado em 2016 para aumentar a reciclagem de aerossol na América Latina enquanto melhora as condições de trabalho para trabalhadores em unidades de separação de resíduos. 

Esperamos que esta nova parceria tenha um impacto igualmente positivo. Cerca de 28 milhões de indonésios vivem abaixo da linha da pobreza, então um programa dessa magnitude poderia trazer benefícios significativos. 

Atualmente, devido a preocupações de segurança, muitos indonésios não andam com dinheiro. Mas o programa Plastic Bank usa tecnologia Blockchain, o que significa que os coletores têm acesso a recursos com menos risco de perda.

Além de aumentar a segurança financeira, o Plastic Bank também acredita que o programa oferece aos coletores um importante sentimento de orgulho, e isso também é importante. Nós não nos daremos por satisfeitos até que o nosso impacto líquido seja eliminar o resíduo plástico. Enquanto isso, estamos animados com os programas inovadores, como a parceria com o Plastic Bank que pode ajudar a tornar o mundo melhor para todos. 
VÍDEO

Plastic Bank

Podemos resolver o problema da poluição plástica dos oceanos e a pobreza extrema ao mesmo tempo?

PlásticoAcabando com o lixo plástico: a SC Johnson está empenhada em aumentar a reutilização e impedir a poluição por plástico

Comunicado de imprensaSC Johnson and Plastic Bank Team Up to Address the Global Ocean Plastic Crisis

PlásticoSC Johnson Signs Groundbreaking International Commitment to Tackle the Plastic Pollution Crisis

Comunicado de imprensaSC Johnson Accelerates Progress Boosting Plastic Recycling and Reuse

Relatório de sustentabilidadePromovendo a economia circular com materiais reciclados pós-consumo

Relatório de sustentabilidadeSC Johnson e Ellen MacArthur Foundation: uma parceria global pioneira

Próximo

Próximo

Próximo