O programa Greenlist™ da SC Johnson estabelece padrões de segurança: um trecho do nosso relatório de sustentabilidade de 2017

a SC Johnson avalia cada componente para determinar se eles são seguros ou não. 
A SC Johnson considera o uso possível mais amplo e vai além disso, selecionando quais componentes usará e em que grau.
Todo ingrediente em potencial na Terra, inclusive oxigênio e água, pode ser tóxico em uma quantidade alta o suficiente. Então, todo ingrediente em um produto da SC Johnson deve ser avaliado para determinar se é ou não seguro. Naturalmente, existem padrões na indústria para a segurança. Mas, na SC Johnson, vamos além.

Começamos com uma avaliação de perigos, empregando as informações de nossa coleta contínua de dados. Quando há um perigo em potencial, avaliamos o ingrediente para determinar em que concentração ele poderá ser utilizado, se puder, sem qualquer efeito secundário conhecido para a saúde humana ou o meio ambiente. Esse é o nível de segurança.

Então, conduzimos uma avaliação adicional focada na exposição. Os cientistas da SC Johnson buscam o uso pretendido de um produto e como ele poderia ser utilizado pelos consumidores. Nós consideramos o uso possível mais amplo e vamos além disso, selecionando quais componentes utilizaremos e em que grau.

Por exemplo, para um produto de limpeza utilizado provavelmente uma vez por semana, vamos muito além. Analisamos qual pode ser o nível de exposição a um componente supondo que ele seja utilizado não só uma, mas muitas vezes durante um dia. 

Também consideramos as diversas formas como os consumidores podem utilizar um produto e entrar em contato com ele, como no caso de um produto para limpeza de vidro utilizado em um balcão de cozinha para preparar alimentos. Consideramos todos esses cenários de uso e os multiplicamos muitas vezes para criar um fator de segurança ainda maior e mais conservador. 

Em cada cenário, nossa meta é determinar o nível conservador “mais seguro do que seguro”. Então, essa se torna a concentração permitida para os cientistas da SC Johnson continuarem o desenvolvimento de um produto.
Todo componente em potencial na Terra pode ser tóxico em uma quantidade alta o suficiente. Então, todo componente em um produto da SC Johnson deve ser avaliado.

Avaliando o perigo

Nossa análise começa com a avaliação do perigo:

  • Identificação de perigo – Usando os critérios do Greenlist™, determine se há algum perigo que precisa ser avaliado, por exemplo, um ingrediente é tóxico para os seres humanos ou o meio ambiente?
  • Determinação de resposta – Usando as fontes de dados do Greenlist™ (de fornecedores e dados disponíveis publicamente), determine que quantidade do ingrediente pode ser usada sem efeito.

Aplicando ao desenvolvimento do produto

Com base na avaliação concluída, definimos a concentração mais alta do ingrediente permitida no produto. Essa informação é, então, usada pelos cientistas da SC Johnson para o desenvolvimento do novo produto e de melhorias aos produtos já existentes.

Para entender a próxima etapa do programa Greenlist™ da SC Johnson, leia sobre nossa avaliação de quatro etapas de perigos e riscos.

Relatório de sustentabilidade de 2017
Por mais de 25 anos, lideramos a transparência do setor ao reportar publicamente as iniciativas e o impacto ambiental da SC Johnson. Agora, veja nossos mais recentes resultados.
Ver o Relatório

IngredientesSC Johnson expande a divulgação de ingredientes nas fragrâncias e continua liderando o setor em relação à transparência dos ingredientes

Meio ambienteMarcos da SC Johnson na liderança ambiental

Fisk JohnsonFisk Johnson, atual presidente e CEO da SC Johnson

Relatório de sustentabilidadeA SC Johnson Estabelece Novo Padrão de Transparência

Transparência97 por cento dos consumidores brasileiros procuram transparência de ingredientes

TransparênciaA Jornada da transparência de ingredientes da SC Johnson

Próximo

Próximo

Próximo