A SC Johnson mostra tudo às famílias sobre os alergénios cutâneos

Em 2017, a SC Johnson anunciou outro enorme passo: a transparência nos alergénios cutâneos para além da regulamentação e das outras empresas.
Os alergénios cutâneos constam agora das listas de ingredientes da SC Johnson em mais de 5.300 produtos vendidos em 52 países.

Pode ficar surpreendido em saber que as empresas não têm de lhe contar sobre todos os alergénios cutâneos nos produtos que fabricam. Na União Europeia é obrigatória a divulgação de 26 alergénios cutâneos. Nos Estados Unidos e na maioria dos restantes países não existe regulamentação que obrigue a transparência dos alergénios. E para nós, isso não fazia qualquer sentido.

Por isso, em maio de 2017, partilhámos uma lista de 368 alergénios cutâneos que podem estar presentes nos nossos produtos, e um compromisso em partilhar pormenores específicos sobre produtos em breve. No final do ano, já os tínhamos acrescentado às nossas listas de ingredientes em WhatsInsideSCJohnson.com em mais de 5.300 produtos. 

Porque razão fomos tão além? Acreditamos seriamente em mostrar tudo. 

Para nós, a transparência é uma questão de princípio. Estamos interessados em ajudar as pessoas a fazer as melhores escolhas para as suas famílias... Este é apenas o próximo passo que estamos a dar num percurso para ser cada vez mais transparente.
Fisk Johnson, Presidente e Diretor-Geral da SC Johnson

Com a nossa transparência sobre alergénio cutâneo, a SC Johnson foi uma vez mais além do nosso setor e além da regulamentação para a divulgação de ingredientes. 

Os alergénios cutâneos podem estar presentes nos ingredientes das fragrâncias bem como em outras fórmulas. Outras empresas utilizam ingredientes semelhantes aos que utilizamos, apenas não informam os pormenores sobre as alergias cutâneas. Consideramos útil divulgar estes ingredientes, particularmente para pessoas com um historial de alergia cutânea preexistente.

Tal como o nosso Presidente e Diretor-Geral, Fisk Johnson, explicou, “Para nós, a transparência é uma questão de princípio. Estamos interessados em ajudar as pessoas a fazer as melhores escolhas para as suas famílias. Tal como quando começámos a enumerar os conservantes, corantes e fragrâncias, não nos deixámos condicionar pelas normas da indústria. Pretendemos contar a história na íntegra. Este é apenas o próximo passo que estamos a dar num percurso para ser cada vez mais transparente.”  

O nosso anúncio foi recebido com entusiasmo pelos defensores da transparência. Ken Cook, Presidente e Cofundador do Environmental Working Group, disse “Ao dar estes passos, a SC Johnson irá ajudar milhões de consumidores a ser mais esclarecidos sobre químicos nos produtos de limpeza que têm o potencial de causar respostas alérgicas cutâneas. E a SC Johnson está uma vez mais a elevar o nível para outras empresas. Este nível de transparência está a alastrar-se a outros setores e está rapidamente a tornar-se a norma para outras empresas, como a SC Johnson, que se preocupam em dar aos consumidores mais – e não menos – informação sobre ingredientes.”
 
Para nós, trata-se apenas de fazer o que está certo. Dá muito trabalho comunicar os baixos níveis de alergénios cutâneos nos produtos, mas vale a pena. Continuamos um percurso para disponibilizar mais e mais informação às pessoas que compram os nossos produtos, para que possam fazer as melhores escolhas para elas e para as suas famílias.
Ao dar estes passos, a SC Johnson irá ajudar milhões de consumidores a ser mais esclarecidos sobre químicos nos produtos de limpeza... a SC Johnson está uma vez mais a elevar o nível para outras empresas.
Ken Cook, Presidente e Cofundador da Environmental Working Group
Para determinar a nossa abrangente lista de alergénios cutâneos de fragrâncias e outros, os cientistas da SC Johnson analisaram mais de 3.000 conjuntos de dados de fontes públicas e da indústria sobre potenciais alergénios cutâneos identificados em listas reguladoras dos países, listas de fragrâncias da indústria, contribuições da European Scientific Committee on Consumer Safety (Comissão Científica Europeia sobre Segurança do Consumidor), dados clínicos de dermatologia e folhas de dados sobre segurança de cada fornecedor individual. 
 
Depois, partilhámos os nossos resultados com peritos nas áreas da dermatologia, imunotoxicologia, toxicologia de fragrâncias e alergénios. O painel de peritos que validou os métodos do estudo incluiu: 
 
  • David Basketter, Dr., consultor independente e reconhecido perito mundial em alergias; ex-Diretor de Pesquisa sobre Segurança, Unilever 
  • David Bickers, Dr., Presidente, Departamento de Dermatologia, Universidade de Columbia 
  • Peter Cadby, Dr., ex-Diretor de Segurança de Produto em Firmenich 
  • Axel Schnuch, Dr., Universidade de Göttingen; Diretor reformado da IVDK (Information Network of Departments of Dermatology [Rede de Informação do Departamento de Dermatologia]) 
  • Peter Thorne, Dr., Diretor do Departamento de Saúde Ocupacional & Ambiental, Universidade do Iowa; Diretor do Centro de Investigação de Ciências da Saúde Ambiental
 
Atualmente, o setor dos bens de consumo utiliza 3.700 ingredientes de fragrâncias publicados pela Associação Internacional de Fragrâncias. Contudo, excluímos cerca de 2.400 porque pode haver falta de informação de segurança básica ou não atingem um padrão suficientemente elevado. 
 
Como resultado, alertamos especificamente os criadores dos nossos produtos que ao criarem um novo produto ou ao atualizarem um já existente, a fragrância tem de ser proveniente da nossa limitada paleta de fragrâncias SC Johnson composta por 1.300 componentes. Para este programa de divulgação de alergénios cutâneos, revimos os alergénicos cutâneos, naturais e sintéticos, nos nossos produtos. Em muitos casos, os naturais podem ter mais alergénios cutâneos que os sintéticos.
Comichão do braço
O mais importante em determinar uma reação alérgica cutânea é a quantidade de exposição, ou “dose.”
Um alergénio cutâneo é uma substância que o sistema imunitário reconhece como uma ameaça e ataca. A presença de um alergénio cutâneo não significa, contudo, que irá desenvolver automaticamente numa pessoa uma alergia cutânea ou uma reação alérgica cutânea. 
 
O importante é a dose ou o volume de exposição. É consensual no seio da comunidade científica que uma dose de menos de 0,01 é improvável causar uma reação à maioria dos alergénios cutâneos em produtos cosméticos. A nossa transparência de alergénio cutâneo específica de produtos pretende divulgar alergénios cutâneos presentes em doses de até 0,01 por cento, seguindo o mesmo padrão que a União Europeia.
 
 
Na SC Johnson, temos o cuidado de utilizar ingredientes com alergénios cutâneos apenas em quantidades tão mínimas que seria extremamente improvável criar uma nova alergia cutânea ou desencadear uma reação alérgica cutânea.
Vídeo
Anatomia de um alergénio
Veja as três etapas do processo que origina o desenvolvimento de uma alergia, com a nossa colaboração com a Scientific American Custom Media. 

Com o acréscimo da informação de alergénios cutâneos, agora o programa de transparência de ingredientes da SC Johnson proporciona informação sobre produtos específicos de fragrância e alergénicos cutâneos para mais de 5.300 produtos vendidos pela empresa em 52 países espalhados pelo mundo. 

Na verdade, com a expansão do nosso programa de transparência para a região da Ásia-Pacífico em 2017, o nosso site de lista de ingredientes, WhatsInsideSCJohnson.com, serve agora mais de 5 mil milhões de consumidores.

TransparênciaPercurso da transparência de ingredientes da SC Johnson

IngredientesTransparência dos ingredientes: A SC Johnson disponibiliza listas de ingredientes dos produtos para que possa fazer as escolhas certas para a sua família

TransparênciaCompromisso de transparência empresarial: A SC Johnson diz-lhe mais sobre os ingredientes das fragrâncias

TransparênciaSem segredos: a SC Johnson introduz 100% de transparência para ingredientes de fragrância

Produtos com propósito100% transparente: Coleção Glade® Fresh Citrus Blossoms partilha a sua lista completa de ingredientes

Relatório de sustentabilidadeA SC Johnson Estabelece Novo Padrão de Transparência

Seguinte

Seguinte

Seguinte